05 sinais de que está na hora de investir em uma consultoria em gestão

Sua empresa está dando indícios de falta de controle, lacunas na gestão, dificuldades de integração entre a equipe para alcance dos resultados? Leia o artigo e veja se a mesma apresenta algum destes 05 sinais de que está na hora de investir em uma consultoria em gestão. 

É cada vez maior o número de empresas que entram para a lamentável estatística de não sobreviver ao segundo ano no mercado. 

Todas as vezes que nasce uma empresa é renovada com ela a esperança de um país mais forte por meio do empreendedorismo.

 Mas, muitas das vezes os empresários sentem dificuldades em gerenciar os vários elementos que compõem a rotina de uma empresa e ainda fazer com que a mesma tenha sucesso em sobreviver no mercado. 

Se este é o seu caso, não se desespere! Para a sorte dos empreendedores existem profissionais especializados em dar uma forcinha para fazer com que o trabalho de conduzir um negócio seja menos doloroso. 

Existem basicamente dois tipos de empreendedorismo: O empreendedorismo por oportunidade e o empreendedorismo por necessidade

Isso quer dizer que algumas pessoas vêem na possibilidade de abrir uma empresa uma oportunidade para investir seus recursos (empreendedorismo de oportunidade). Todavia, não necessariamente dominam aquele ramo de atividade. 

Existe ainda um outro grupo de pessoas que se vêem na obrigação ou necessidade de empreender, pois precisam ter uma fonte de renda de forma autônoma sem que necessariamente estejam inseridos no contexto de uma organização como funcionários. 

Em ambos os casos pode ocorrer o fato destes empresários não dominarem os conhecimentos e ferramentas de gestão para fazer com que o negócio funcione e alcance resultados promissores. 

Neste momento surge a figura do consultor empresarial, este é o profissional com expertise para promover a transformação da empresa de acordo com a suas habilidades profissionais, levando sempre em consideração o contexto da organização. 

Neste artigo vou citar 5 sinais de que está na hora de investir em uma consultoria em gestão 

1. Você sente dificuldade em controlar o essencial 

Sabemos (ou deveríamos saber) que não se pode gerenciar aquilo que não se mede, o primeiro sinal de que existe algo errado é quando o empresário sente a sensação de que “está perdendo as rédeas” do negócio.

Na prática é como se nada que ele fizesse surtisse efeito em meio ao caos de não ter o controle sobre a própria empresa. 

Esta falta de controle está relacionada à ausência de ferramentas de gestão financeira, de processos, pessoas e da própria estratégia da empresa, ou seja, da visão do todo que o dono da empresa precisa ter para poder traçar os caminhos e definir onde a organização precisa chegar com os seus esforços. 

O papel do consultor neste contexto é orientar o tomador de decisões sobre quais ferramentas o mesmo pode usar em cada contexto e auxiliá-lo na implementação e tomada de decisão com base nos resultados dos controles implementados. 

Falando em ferramentas de controle, dá uma olhada neste artigo aqui: 

5 ferramentas de gestão essenciais para pequenas empresas

2. A equipe não está performando como você espera

É comum que a equipe apresente baixa performance em empresas que padecem de lacunas na gestão por falta de controles e orientação estratégica,.

Imagine a empresa como um time de futebol, onde a equipe são os jogadores em campo que precisam ser orientados pelo treinador para saberem em qual posição irão jogar, qual estratégia será usada para conseguir ganhar a partida e consequentemente o campeonato. 

Agora imagine que esta estratégia não esteja corretamente definida, ou que a mesma seja ineficiente, de forma que os jogadores tenham dúvidas sobre os papéis e posições que deverão ocupar, não conheçam os indicadores referentes ao seu desempenho, ou não estudem o comportamento dos seus adversários a fim de que se preparem para a partida. 

Não é muito difícil de imaginar o resultado desta equação, correto?

 Da mesma forma acontece quando os colaboradores de uma  empresa não sabem quais são as funções que devem desempenhar e quais atividades dentro de cada função são esperadas dos mesmos. Assim como qual é a expectativa da direção em relação ao seu trabalho e o feedback sobre o seu desempenho. 

Fica muito difícil trabalhar em uma empresa e produzir  resultados eficientes se não está claro para todas as partes o posicionamento, as necessidades e o estudo de mercado, de forma que as pessoas sejam orientadas para atingir os objetivos esperados.  

3. Os clientes vivem reclamando 

A reclamação por parte do cliente nada mais é do que um sintoma do insucesso da gestão. 

Sabemos que falhas fazem parte do processo de aprendizado e que todas as organizações estão suscetíveis a algum questionamento por parte do cliente por alguma relação de consumo que tenha apresentado algum tipo de vício às suas necessidades e expectativas. 

Todavia quando as reclamações por parte do clientes se tornam fundamentadas e constantes, significa que existem lacunas importantes a serem trabalhadas e sanadas no processo de entrega do produto ou serviço ao cliente. 

As reclamações dos clientes são um bom indicador para que a empresa possa mensurar o grau de aceitação dos seus produtos ou serviços e se estas forem constantes, significa que está na hora de buscar intervenção profissional para contribuir com a melhoria nos processos. 

Quer saber como superar as necessidade e expectativas do cliente em relação ao atendimento? Então este artigo é para você!

Como oferecer um atendimento nota 10?

4. Você sente-se desorientado em relação aos resultados do seu negócio 

O fato de sentir-se desorientado em relação aos resultados do negócio é consequência da falta de controles e indicadores que possam ajudar o empresário na tomada de decisão. 

Imagine a empresa como um veículo em movimento, os indicadores do negócio funcionam como o painel do carro que indica a velocidade, o consumo e a necessidade de combustível e as demais informações necessárias para a tomada de decisões que são cruciais para o alcance dos objetivos. 

Após implementar os controles necessários é possível estabelecer os indicadores para monitorar os resultados e fazer com que o empresário possa tomar decisões de forma mais assertiva. 

O consultor poderá te ajudar a definir estes indicadores de acordo com a estratégia e processos do seu negócio.  

5. Você acha que o futuro do seu negócio é incerto 

Se estão ocorrendo todos estes fatores é normal que o empresário sinta insegurança em relação ao futuro da empresa, pois se não existem planos e estratégias para conduzir o negócio no presente quiçá no futuro. 

Por isso a importância de contar com ajuda especializada para esta atividade. 

A definição dos processos, posições de cada um dos colaboradores dentro da empresa e indicadores de monitoramento dos resultados. Além de  outras ações de integração entre a equipe para fazer com que a estratégia seja colocada em prática fazem toda a diferença para o contexto da empresa, evita prejuízos e contribui para a perenidade da organização ao longo do tempo. 

Para finalizar este tema é muito importante trazer a tona um ponto que faz toda a diferença no processo consultivo. 

O consultor é aquele indivíduo que vai orientar a condução do processo de transformação, quando falamos em consultoria é importante lembrarmos que a palavra-chave em questão é a transformação. 

Dessa forma, é  essencial que as pessoas tenham em mente que trata-se de uma via de mão dupla. O consultor não vai ser o único agente transformador, muito pelo contrário, a transformação é realizada pelas pessoas que estão executando os processos. 

Para que os resultados sejam efetivamente alcançados  se faz necessário que exista interesse das partes em contribuir para com o mesmo, estar disposto e aberto às mudanças e comunicar ao consultor se as ações estabelecidas estão de acordo com o contexto e com a realidade da organização, fazendo com que exista um consenso em relação à mudança. 

A grande questão é que os agentes de transformação precisam ser os próprios integrantes da empresa.

O consultor é a orientação profissional que vai catalisar o resultados encurtando o caminho por meio da sua experiência e método. 

Se você gostou deste artigo deixe seu comentário abaixo e  compartilhe com os seus amigos que estão precisando de uma forcinha de um profissional. 

Se  você se identificou com a história contada neste texto e acha que a sua empresa está sofrendo destes males, clica no botão abaixo e pede ajuda profissional de um consultor. 

Quero falar com um consultor

Ficarei muito feliz em poder contribuir com o sucesso a sua empresa. 

Não esqueça de nos seguir as redes sociais que estão no topo da página para acompanhar as próximas publicações. Te vejo no próximo artigo! 🙂 



Author: Aparecida Amaral
Administradora de formação pela Universidade Federal de Alagoas, em 2015 recebeu a Certificação Como gerente da Qualidade pelo Quality Total Institute Latino-americano (Chile), é Avaliadora do Prêmio Estadual da Qualidade em Alagoas (ciclos 2015, 2016 e 2017). Possui Experiência na Implementação de Sistemas de Gestão da Qualidade: Modelo de Excelência da Gestão (MEG) e ISO 9001. Atua Como consultora organizacional pela Implantta Consultoria.

1 comentário

  • Jadeilda Gomes Ferreira

    Boa noite
    Suas informações mim fez lembrar as disciplina do curso que fiz ano passado, técnico do vestibular no SENAI da minha cidade.
    Essas informações são ricas de conteúdo para se implantar no chão de fábrica, sempre vai existir algo a se melhorar
    Método KAise .

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.