Diagrama de Ishikawa: Ferramenta matadora para diagnosticar e resolver problemas na sua organização

Entenda de uma vez por todas como identificar as causas e resolver qualquer tipo de problema na sua organização.

Problemas todo mundo tem  não é verdade? A grande diferença entre aqueles que se destacam no mercado e aqueles que ficam em meio a multidão está na forma como lidamos com eles.

O artigo dessa semana do blog da Implantta consultoria abordará uma ferramenta matadora para diagnosticar e resolver qualquer tipo de problema que apareça na sua frente seja ele dentro ou fora dos muros da sua empresa.

Quem nunca se viu diante de um problema que estava afetando várias áreas da organização e ficou sem saber exatamente por onde começar a resolver.

A ferramenta que vou abordar neste artigo começou a ser utilizada nos anos 60 por Kaoru Ishikawa, estudioso japonês do qual herdou o nome. Trata-se do Diagrama de Ishikawa, ou mais conhecida por algumas pessoas como diagrama espinha de peixe.

Você pode estar se perguntando qual a relação desta ferramenta de nome estranho com os problemas da sua organização.

E eu te respondo: Tudo! Esta ferramenta irá permitir que você identifique o problema, suas causas, os efeitos ou consequências que estes problemas possam trazer para a organização no curto ou longo prazo.

Com base nestas informações  você será capaz de traçar um plano de ação para resolvê-los. Então vamos lá:

O que é o Diagrama de Ishikawa?

O Diagrama de Ishikawa também é chamado de  Diagrama espinha de peixe ou Diagrama de causa e efeito, é uma das sete ferramentas da qualidade que serve para identificar as reais causas de um problema e auxiliar na elaboração de um plano de ação para corrigi-los.

O mesmo  assemelha-se muito a uma espinha de peixe, por isso também é conhecido como diagrama espinha de peixe, que consiste em uma linha horizontal com uma seta apontada para o problema o qual a sua organização esteja passando.

De forma perpendicular a esta linha são inseridas ramificações sob as quais são descritas as possíveis causas dos problemas e delas são derivados os prováveis efeitos. Acompanhe na figura abaixo:

Entenda de uma vez por todas como identificar as causas e resolver qualquer tipo de problema na sua organização.
Diagrama de Ishikawa

Como aplicar  o Diagrama de Ishikawa?

Para aplicar o Diagrama de Ishikawa é necessário seguir os seguintes passos:

  1. Identificar o problema a ser analisado (é importante identificar um problema por vez);
  2. Reunir o máximo de informações referentes ao problema (quanto mais informações melhor!);
  3. Realizar um brainstorming (tempestade de ideias) com a equipe para identificar as possíveis causas;
  4. Identificar as causas mais pertinentes para o problema e agrupá-las de acordo com os 6M’s;
  5. Criar um plano de ação, atribuindo ações a serem realizadas para sanar ou mitigar o problema assim como as pessoas responsáveis pelas mesmas.

Para utilizar o Diagrama de Ishikawa é necessário conhecer os principais termos utilizados, Veja:

Problema

O problema como o próprio nome sugere é o gargalo ou o entrave que esta impedindo a sua organização de atingir os objetivos propostos. É a partir do problema que será feita a análise para identificar a origem do mesmo encontrando-se assim as causas.

Para identificar as causas do problema é aplicado os 6M’s, que objetiva verificar de onde parte as causas do problema e poder elaborar o plano de ação para resolver.

Os 6M’s correspondem às seis possíveis áreas da organização que poderão estar envolvidas na ocorrência de um problema, são elas:

  • Mão-de-obra;
  • Matéria-prima;
  • Máquina;
  • Medida;
  • Meio ambiente;
  • Método.

Vamos entender detalhadamente o que significam cada um destes termos abaixo:

Mão-de-obra

A mão-de-obra corresponde às pessoas que estão envolvidas na execução do processo. As causas possíveis que envolvem a mão-de-obra podem ser:

  • Falta de preparo ou qualificação da mão-de-obra (a pessoa não possui a devida instrução/treinamento para executar a tarefa que está responsável);
  • Falta de compromisso com a organização;
  • Baixo engajamento com os propósitos e objetivos da empresa;
  • Desmotivação por não ter suas necessidades supridas;
  • Outros tantos motivos que fazem com que as pessoas envolvidas com a execução da tarefas não estejam atingindo os objetivos propostos.

Matéria-prima

A matéria-prima constitui todo o material utilizado para fabricar determinado produto executar um serviço. Para produzir produtos é utilizado matérias-primas físicas e tangíveis (que podem ser manuseadas). No caso dos serviços que são bens intangíveis a matéria-prima para executá-los é a informação.

Máquina

É chamado de máquina todos os equipamentos necessários no processo de fabricação do produto ou execução do serviço. As causas relacionadas às máquinas podem envolver necessidades de manutenções preventivas ou corretivas, configuração ou adequação do equipamento à demanda e as necessidades da operação.

Medida

A medida está relacionada a medição e acompanhamento da execução do processo. Na prática podem estar relacionadas a calibragem de equipamentos ou indicadores para verificar a eficácia da execução.

Meio ambiente

O meio ambiente está relacionado a ambiente da organização, cultura da empresa onde as pessoas responsáveis por executar os processos estão inseridas, fatores climáticos, macroeconômicos ou políticos que possam afetar na execução do processo para alcance dos objetivos. Em resumo são todas as variáveis que permeiam o ambiente onde o processo é executado.

Método

O método como o próprio nome sugere é a forma ou as etapas que são percorridas para execução do processo. São consideradas causas relacionadas ao método o fato de não ter processos estruturados que indiquem como as tarefas devem ser executadas levando ao famoso “aprender fazendo”.

Veja o exemplo abaixo de utilização da metodologia:

O Diagrama de Ishikawa também é chamado de  Diagrama espinha de peixe ou Diagrama de causa e efeito, é uma das sete ferramentas da qualidade que serve para identificar as reais causas de um problema e auxiliar na elaboração de um plano de ação para corrigi-los.
Diagram de Ishikawa preenchido

O último passo para aplicação do Diagrama de Ishikawa ou Espinha de peixe é a partir da identificação das causas por meio da aplicação dos 6M’s criar um plano de ação utilizando a metodologia do 5w2h para sanar as causas identificadas como originadoras do problema.

Então, ficou claro para você como utilizar o diagrama Diagrama de Ishikawa para identificar as causas e resolver os problemas na sua organização?

É importante frisar que esta ferramenta pode ser utilizada para identificar e criar planos de ação para resolver qualquer problema na sua empresa.

E não se preocupe se o problema em questão não utilizar todos os 6M’s o importante é identificar as causas de acordo com a realidade da sua organização e do problema em questão.

Se você gostou desse artigo compartilhe nas redes sociais e com as pessoas que você se importa. Ah! Não esqueça de deixar o seu comentário abaixo com o seu feedback.  

Quer um contato mais próximo? Me siga nas redes sociais (vou deixar os links abaixo) e se inscreva na nossa newsletter (quem está inscrito recebe o conteúdo em primeira mão assim que é publicado!).

Por Aparecida Amaral

Administradora e Consultora Organizacional

Me siga nas redes sociais

Instagram: @amaral_aparecida, @implanttaconsultoria

Facebook: Aparecida Amaral

Linkedin:   https://www.linkedin.com/in/aparecida-amaral-6b172751



Author: Aparecida Amaral
Administradora de formação pela Universidade Federal de Alagoas, em 2015 recebeu a Certificação Como gerente da Qualidade pelo Quality Total Institute Latino-americano (Chile), é Avaliadora do Prêmio Estadual da Qualidade em Alagoas (ciclos 2015, 2016 e 2017). Possui Experiência na Implementação de Sistemas de Gestão da Qualidade: Modelo de Excelência da Gestão (MEG) e ISO 9001. Atua Como consultora organizacional pela Implantta Consultoria.